Eu colocaria no lugar
Todas as pedras
Da sua rua

Uma a uma

E perto da escada
Outra solta

Para que você quase caísse
E eu te oferecesse

O braço

Só para sentir a força
Das tuas mãos

E saber como é
Ser necessário

Ao teu instinto
De sobrevivência

Eu desenharia
Por dias

Uma janela
Só para fotografar você
Emoldurada nela

E nunca tiraria essa foto
Da minha carteira

E você nunca iria vê-la
Para que ao menos uma
Imagem tua

Fosse só minha

Everton Behenck