Só posso dizer
Com certeza

Dessa carne
Insultada

Por saber seu fim

Só posso repetir
Como quem reza

Essa vontade
Que tudo o que vive tem

De existir

Fico aqui
Nesse não saber

Estático

Um cego perdido
Tateando o infinito

É bonito
E dolorido

Saber que não é possível

Everton Behenck