É preciso força
Para intuir a foice

É preciso a moça
Ao lado

É preciso força
Para suportar tantas coisas
Simultâneas

Nas entranhas

Tantos de mim
Querendo sair
A qualquer custo

É preciso um luto
Inútil

Para cada um deles

É preciso força
Para carregar a vida

Assim dividida
Em tantos pesos

É preciso força
Para enfrentar a si mesmo

Everton Behenck