A cidade é a pedra

Mas também é o pé sobre a pedra

Que sustenta o corpo

E o corpo de um homem
É a palavra que ele guarda

Entre as costelas

E a palavra
Sustenta toda humanidade

A cidade
É o concreto

Mas também é a árvore
Que nasce sem saber da cidade

E a árvore é tudo que veio antes dela
A árvore é a primeira casa

A cidade

É esse barulho enorme
E contínuo

Mas também é a capacidade
De dormir dentro do seu rugido

A cidade
É o silêncio dentro do sonho

De possuí-la

E tudo que acontece dentro de um sonho
É muito maior do que a cidade

A cidade são os cinco meninos
Mortos à queima roupa

Sem antecedentes
Sem futuro e sem passado

Para garantir meu sono
Bem pago

A cidade é essa paz
Que custa tão caro

Anúncios