De que adiantam presentes
Se não me preserva

De que servem tantas
E tantas palavras

Que não significam nada
Além de suas letras

Os dentes mudos
E analfabetos

Do afeto

De que adianta
Teu cuidado

Voltado para o íntimo
Instinto

Que acima de tudo
Te preserva

Everton Behenck

Anúncios