O amor
Não precisa de desculpas

É como a natureza
Onde não existe certo ou errado

O amor só conhece o ser amado

E enxerga amor
Em todos os seus atos

O amor
Não precisa de pedidos de perdão

Não entende o que deve ser perdoado
Os fatos não dizem nada ao amor

O amor nessas horas
É a ausência de memória

Se deixa ferir
Não sabe proteger a si

O amor não reconhece
O que o corta

E quando reconhece
Não se importa

O amor é ingenuo
Imenso e forte

O amor não se magoa
O amor morre

Everton Behenck