Minha vontade de ser livre
Sem perceber que liberdade

É uma palavra
Sem asas

Minha vontade de ser forte
Sem entender que o preço da força

É a dureza

Meu desejo de saber
Sem o entendimento

De que não fomos feitos
Para o conhecimento

E sim para a fé

Seja ela na cruz
No idioma

Ou numa infinidade de contas

Meu sonho antigo
De ser maior

Sem entender que o tamanho
É relativo

E que ao nos vermos diminuídos
Intuímos

Nossa verdadeira estatura

Crescer é mais um paradoxo
Que uma direção

Não passamos de uma intenção

Everton Behenck