Toma nas mãos
Esse carinho

Que não sabe dizer nada

E por isso mesmo
É tão cheio

De significado

Leva ao colo
Esse carinho

Feito um pouco

Do meu sono ausente
Antes de dormir

E do teu ao acordar

Um carinho feito
Dos dedos entre os cabelos

Cheios de vontade
De que não seja tarde

Para o carinho mais bonito

Esse que não sabe dos medos
Da ausência de fé

Da solidão dos versos
Da certeza da morte

Toma esse carinho
Leva aos olhos

E veja
Um carinho assim
É sempre uma vela

Acesa

Everton Behenck

Anúncios