Não importa
Que tenhamos falhado

Tremendamente

Em nos elevarmos
Acima de nós mesmos

E do que sentíamos

Talvez pensar
Que poderíamos

Sentir tão alto

Nos permita
Sermos perdoados

Mesmo que tenhamos
Nos desfigurado

E que levem meses
Até podermos

Olhar um nos olhos do outro
Novamente

Mesmo que sejamos estranhos
Ao fazê-lo

Assim mesmo
Não importa

Porque falhamos
Com toda nossa força

E com toda nossa estatura

E não poderíamos
Esperar mais altura

Para nossa queda

Cair é também
Voar

Ao menos
Por alguns momentos

Everton Behenck