Tá aí a cara da criança. Tá nascendo! Só pela apresentação do maestro Carpinejar já vale a publicação! bjs