Ela estenderia o braço
Para que descansem meus defeitos

Sem culpa

Ela olharia minha cor doída
Como uma doença da beleza

E por isso mesmo uma benção
E não um fardo amargo

A ser carregado

Ela perceberia
Que algo se agita

Sob minha pele

E por isso
Sou urgente

E combustível
Em meu destino

Ela veria
Em tudo isso

Um motivo para estar comigo

Everton Behenck