Eu cuidaria dessa palavra
Com toda a intenção

Dos olhos

Eu me colocaria desperto
Ao pé do berço

Vendo crescer um gesto

No movimento
De quem descobre seu sentido

E teme a própria força

Eu acalmaria
Seu medo

Entregando o meu
Despido

Eu seguraria essa palavra
Junto ao peito

Ou em qualquer outro
Lugar comum

Que nos reúna
Sem sombra de dúvidas

Eu seria essa palavra
Uma vida inteira

Mas não sei dizê-la

Everton Behenck