Tem que ser assim
Mas será?

Que tem que ser
Te negar?

Mesmo continuando
A te ver?

Em todo lugar

Não há lado
Em que você não está

Não existe teoria
Sem a variável dos teus olhos

Tu é minha ciência

Minha lei
Da gravidade

Sem ti não há Darwin
Que me salve

Meu instinto
Anda sentindo

Tua falta

O eterno retorno
À tua placa

De pare

Everton Behenck

Anúncios