Há esse som
Chovendo

Aqui dentro

E a voz de minha mãe
Diz em um carinho:

A chuva me deprime

E comprime os olhos
Secos
Pensa em sua infância

(Na mesa há um bolo)

Mas temos muita comida
Diz para a fome
Que nunca encostou em minha barriga

Diz para sua pobreza íntima
Diz para si

Para ter certeza
De que essa chuva

Não é mais a mesma

Everton Behenck