Não esqueça da poesia
Menina

Na doçura de um bom dia
No gesto que desenha
A infância da alegria

Quantas vezes fui mais pétala
Ao pé de tua presença

Quanto poder
Pode uma menina
Sozinha em sua doçura

Quanta força
Em uma única moça

Que pode revirar o dia
Tirar um grão de luz
De uma manhã escurecida

Não esqueça
Menina

Que a vida
Nos tenta à trilha

Reta

Levanta paredes
Fecha janelas

Para saber até onde vai a força
Das nossas folhas
Procurando a luz

E você menina
Amanhece

No céu dos olhos

Azuis

Everton Behenck

Anúncios