Como vão as coisas?

Tem sido sol lá fora?

Como você está agora?

 

Sorrindo?

 

Os dias tem sido leves?

Como a saudade que eu sinto?

Ou tem pesado um pouco?

Como quando

A alegria vira o rosto?

 

E teus olhos como andam?

Que há algum tempo não vejo

Direito

Nem sei do sol

Que eles escondem

 

Como anda teu sorriso?

Tem refletido teu espírito?

Brincado ao redor das horas?

Para que tudo em volta se alegre?

 

Ou anda breve?

Como a mão que escreve

Um verso triste?

 

Como está seu peito?

Repleto de sentimentos?

 

Belos

 

Como um querer estar perto?

Ter a voz suave

Para não haver distância

 

O céu do teu peito anda claro?

Como as flores em novembro

E nele anda um querer sereno?

 

Ou fechou o tempo

E pesaram as nuvens

Escurecendo?

 

Me fala do teu passo

Que eu invento

A lágrima ou a alegria

Para te fazer companhia

 

Everton Behenck