E se eu acabar te amando?

Um desses amores

Que faz do peito

Canteiro

Para plantar carinho

 

E não se importa

Com o olhar ridículo

 

De pétala

 

Que se atira do rosto

Ao teu encontro

 

E se eu acabar te amando?

 

Um amor sem planos

Que só quer da vida

 

A vida inteira

 

E não se importa

Com os cabelos brancos

Nem com as rugas que aparecerão no rosto

 

Um amor disposto a ser eterno

Mesmo sabendo que nessa vida

 

Tudo termina

 

Mesmo sabendo que tudo

O que restou dos planos

 

Foram os enganos cometidos

 

Os bilhetes de despedida

A lembrança de mais uma partida

 

De onde levou na partilha

A certeza

 

De que a solidão seria

O guia

 

De que ser inteiro só é possível

Sozinho

 

E se eu acabar te amando?

Um amor sem tamanho

 

E se eu acabar fazendo planos?

E se para cada um deles dar certo

For preciso você por perto?

 

Com a cabeça em meu peito

E minha mão em teus cabelos?

 

E se eu acabar te amando

Tanto

 

Que só me encontre

Quando te encontro?

Everton Behenck